A propósito da efeméride dos 20 anos, o IESE editou uma publicação coletiva centrada no triângulo temático da Agricultura, Floresta e Desenvolvimento Rural.


/



Trata-se de uma temática que assumiu particular relevo ao longo dos últimos 20 anos, em diferentes vertentes de trabalho:
• Avaliação de programas e outros instrumentos de política pública abrangendo diversas fases do ciclo de avaliação (ex-ante, intercalar e ex-post) não só de programas operacionais, como também de medidas específicas e de instrumentos de planeamento;
• Estudos de viabilidade técnico-económica de agrupamentos setoriais de produtos, de equipamentos económicos de agro transformação, etc.;
• Estudos de impacto económico e territorial de empreendimentos agrícolas;
• Estudos de emprego e de necessidades de competências técnicas e humanas para as atividades e organizações do complexo agroflorestal;
• Estudos de apoio ao planeamento e à programação estratégica de intervenções e de investimentos públicos, envolvendo componentes agropecuárias e florestais.

Por esse motivo, o IESE convidou colaboradores e utilizadores institucionais dos trabalhos realizados a produzir textos originais sobre este triângulo temático, que compilou numa publicação apresentada no final de Setembro de 2016, no Instituto Superior de Agronomia, em Lisboa, os seguintes artigos:

I. AGRICULTURA, AGROINDÚSTRIA E FLORESTA – ATIVIDADES E DINÂMICAS SETORIAIS

Evolução da Alimentação e das Doenças de Origem Alimentar nos Países Mediterrânicos: O Papel Renovado da Dieta Mediterrânica (Agostinho de Carvalho)

Consumo e Produção de Carne – Velhos e Novos Desafios (Antonino Rodrigues)

Setor do Leite e Laticínios – Vetores de Reconversão (Niza Ribeiro)

Agroindústrias: Duas Décadas de Fundos Comunitários (1994-2013) (Celina Luís)

Portugal: o Megacluster Alimentação e Bebidas – Um Mosaico à Conquista dos Mercados Internacionais (José Félix Ribeiro)

As Competências Internas da Empresa como Condicionante do Sucesso na Exportação do Vinho: Proposta de um Instrumento de Auto diagnóstico de Empresas Vinícolas (Vítor Corado Simões)

Investigação Florestal Aplicada (Lucinda Neves)

A Caça e a Economia Verde (Carlos Rio de Carvalho)

II. POLÍTICAS PÚBLICAS E GOVERNAÇÃO TERRITORIAL

Exploração Agrícola: Que Ajustamentos nas Variáveis dos Instrumentos de Inquirição Estrutural do INE? (Joaquim Cabral Rolo)

Avaliação da Formação dos Sapadores Florestais (Catarina Pereira)

A Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI) (Francisco Castro Rego)

Índices de Risco de Incêndio Florestal e sua Aplicação (Luciano Lourenço)

Reflexões sobre Análise Social e Empresarial de Investimentos (Nuno Cabral)

A Agenda Agrorrural no Parlamento: A Política, a Retórica e os Processos de Decisão (Miguel Freitas)

Gestão Pública de Instrumentos de Política (Tito Rosa)

Estratégia para a Internacionalização do Setor Agroalimentar e Florestal Português – Relato de uma Experiência de Governação (António Serrano)

Coesão Territorial, Resiliência e Inovação Social: O Programa Rede Social (José Manuel Henriques)

Cultura e Artes no Território Rural Português: Movimentos para a Construção de uma Sinfonia (Rui Godinho)

Desafios da Governança em Meio Rural (José Ferragolo da Veiga


III.FUTURO DOS TERRITÓRIOS RURAIS – INOVAÇÃO E PROSPETIVA

As Geografias Rurais do Antropoceno: Ainda uma Terra Incógnita? (João Ferrão)

Pobreza e Alterações Climáticas – Reflexões, Recolhas e Caminhos para um Mundo Melhor (Rui Barreiro)

A Ruralidade do Século XXI – Em Busca do Lado Virtuoso da Baixa Densidade (António Covas)

Para uma Nova Economia dos Territórios Rurais (Domingos Santos)

Um Olhar Prospetivo sobre o Sul de Portugal (Carlos Figueiredo)

A Difícil Afirmação das Regiões Periféricas e a Valorização dos Recursos Territoriais: O Papel das Instituições de Ensino Superior (João Guerreiro)

Políticas de Desenvolvimento em Territórios de Baixa Densidade: a Propósito dos 25 Anos de Trabalho da OCDE sobre Políticas para as Áreas Rurais (Paulo Areosa Feio)

 O sistema sectorial de inovação agro-florestal em Portugal: Situação e tendências evolutivas (Manuel Mira Godinho)


Eis, pois, um pão moldado por muitos daqueles que contribuíram para o que é hoje o IESE…”
A todos os que colaboraram nesta viagem de 20 anos (sócios, investigadores, consultores externos, clientes) o nosso especial agradecimento.